NOTÍCIAS
14 de junho de 2017
Alumínio é destaque durante o 10º Simpósio SAE Brasil de Novos Materiais e Aplicações na Mobilidade

Associadas da ABAL foram destaque durante o 10º Simpósio SAE Brasil de Novos Materiais e Aplicações na Mobilidade, que aconteceu nos dias 6 e 7 de junho, na sede do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), na Cidade Universitária, em São Paulo.

 

10º Simpósio SAE Brasil de Novos Materiais e Aplicações na Mobilidade. Foto/divulgação: CBA.
10º Simpósio SAE Brasil de Novos Materiais e Aplicações na Mobilidade. Foto/divulgação: CBA.
10º Simpósio SAE Brasil de Novos Materiais e Aplicações na Mobilidade. Foto Elias Gomes.
10º Simpósio SAE Brasil de Novos Materiais e Aplicações na Mobilidade. Foto Elias Gomes.

O evento teve um painel exclusivo sobre os avanços das tecnologias dos não ferrosos no setor automotivo, com foco no alumínio. Carolina Hattori, engenheira de Desenvolvimento de Mercado da Companhia Brasileira do Alumínio (CBA), abordou o tema ‘Alumínio de alta resistência para componentes automotivos estruturais’. “As possíveis geometrias complexas dos componentes extrudados de alumínio garantem alta resistência estrutural e melhor desempenho em relação a outros metais, mesmo com ligas de propriedades mecânicas inferiores as do aço”, explicou Hattori.

O coordenador técnico do Centro de Experimentação e Segurança Viária (Cesvi) Brasil, Alessandro Oliveira, falou sobre ‘A evolução dos carros e a reparação automotiva’. Na ocasião ele destacou a facilidade de reparar componentes automotivos em alumínio. “O processo é apenas diferente de outros materiais”, disse. Oliveira ainda chamou atenção para os veículos com crash box que apresentam menores custos de reparo em relação aos que não adotam esse sistema de absorção de impacto.

Alexandre Sartori, engenheiro de Processos Especiais da Novelis do Brasil, ministrou a palestra ‘Inovação em laminados de alumínio para a indústria automotiva’. De acordo com Sartori, existe uma evolução da leveza no setor automotivo e a perspectiva para o ano de 2025 é de que o Brasil tenha mais veículos com componentes produzidos em alumínio. “A indústria do alumínio continua inovando seus produtos e trazendo soluções cada vez mais eficientes, como as novas ligas para painéis de fechamento que permitem redução da espessura de chapas em relação às ligas padrões de alumínio”, comentou Sartori.

O coordenador do Comitê de Mercado de Transportes da ABAL, Fabiano Urso, foi o mediador do painel que contou com a participação da plateia nos debates. O 10º Simpósio SAE BRASIL de Novos Materiais e Aplicações na Mobilidade teve como objetivo disseminar a tecnologia de novos materiais e o desafio de aproximar esse universo com as questões de aplicabilidades diretamente em veículos. O evento também teve o apoio do Grupo Recicla BR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *