NOTÍCIAS
26 de julho de 2017
Pecuária Verde será lançada em Oriximiná
Com apoio da Mineração Rio do Norte (MRN), novo modelo de negócio associa produtividade à conservação da floresta

Garantir o aumento de produtividade nas fazendas sem comprometer a conservação da floresta é a proposta da Pecuária Sustentável ou Pecuária Verde, modelo de negócio que será apresentado em setembro para pecuaristas de Oriximiná, município da região Oeste do Pará que compõe a área de atuação da Mineração Rio do Norte (MRN), maior produtora brasileira de bauxita.

Pecuaristas de Oriximiná (PA) em visita à Fazenda Marupiara, em Paragominas (PA) Crédito da foto: Divulgação / MRN

Pecuaristas de Oriximiná (PA) em visita à Fazenda Marupiara, em Paragominas (PA) Crédito da foto: Divulgação / MRN

Incentivar a adesão à Pecuária Verde é uma das ações do programa Territórios Sustentáveis, que desde 2015 está ajudando a construir um horizonte de desenvolvimento autônomo e participativo em Oriximiná e em outros dois municípios paraenses – Faro e Terra Santa. As atividades do programa, que é patrocinado pela MRN, são executadas por três organizações não governamentais: Agenda Pública, Equipe de Conservação da Amazônia (ECAM) e Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (IMAZON).

O engenheiro ambiental Daniel Santos, consultor do programa Territórios Sustentáveis, ressalta vantagens da Pecuária Verde: “Garante o benefício ambiental, pois o aumento da eficiência da produção bovina requer uma área muito menor, o que afasta a pressão por mais desmatamento. Além disso, há o ganho econômico, já que a receita bruta gerada por esse aumento é muito significativa. E também o ganho social, pois melhora a relação com a mão de obra”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *