NOTÍCIAS
12 de Abril de 2018
Representantes da cadeia produtiva do alumínio enviam carta aos líderes do G20
Carta aberta solicita urgência na criação de Fórum de Excesso Global de Capacidade de Alumínio

A Associação Brasileira do Alumínio (ABAL) e demais entidades que representam a cadeia produtiva do metal nos EUA, União Europeia, Japão, Canadá e México elaboraram uma carta aberta solicitando que os líderes do G20 coloquem como prioridade a criação de um Fórum de Excesso Global de Capacidade de Alumínio, originado principalmente pela China. A carta traz ainda dados de mercado, que comprovam esta urgência, nos gráficos anexos ao texto.

O objetivo é sensibilizar os participantes do G20, cujo encontro ocorrerá em novembro, em Buenos Aires, para começar a discutir, de forma multilateral, o excesso de oferta do alumínio no mundo.

​De acordo com o Milton Rego, presidente-executivo da ABAL, “é muito importante que a questão do excesso de capacidade de alumínio no mundo seja tratada de forma abrangente, multilateral e não de país a país como temos visto. A criação de um Fórum Internacional para tratar da questão poderá ser o início de um enfoque mais sustentável para o nosso setor”.

Veja aqui a carta na íntegra traduzida para o português.