Hospital de Alenquer (MRN) recebe doações da MRN – Associação Brasileira do Alumínio – ABAL
Acesse a área do associado Fale Conosco
← voltar para Banco de Notícias

Hospital de Alenquer (MRN) recebe doações da MRN

 

O Hospital Santo Antônio, localizado no município paraense de Alenquer e gerido pela Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição, recebeu a doação da Mineração Rio do Norte (MRN) de um equipamento de Raio-X Móvel, lençóis, máscaras PFF2, caixas de luvas e aventais, que vão beneficiar o atendimento a mais de sete mil pacientes de Alenquer, Curuá e Monte Alegre na área de emergência.

“Enviamos as solicitações por meio de um projeto para a MRN. É um grande presente receber os itens e o equipamento de Raio X porque a mobilidade deste aparelho vai contribuir bastante para o atendimento de pacientes em geral, especialmente casos graves e acamados, gerando maior segurança e conforto no diagnóstico”, relata a Irmã Nila Soares, gestora do hospital Santo Antônio.

A solicitação das doações foi feita por meio do “Projeto Emergencial Frente à Covid-19”, cujo objetivo é proteger os profissionais de saúde e cuidar dos pacientes que são tratados nesta instituição.

“A MRN, reconhecendo a importância do projeto e o impacto que terá na saúde da população e no enfrentamento à Covid-19 neste município, prontamente atendeu à solicitação. Essa decisão reforça o compromisso social da empresa na região”, comenta Jeferson dos Santos, gerente de Relações Comunitárias da empresa.

Alinhada às iniciativas preventivas propostas pelo grupo “Pela Vida no Trombetas”, desde março deste ano, a MRN já investiu mais de R$ 8 milhões na compra de respiradores, equipamentos de proteção individual, testes rápidos e materiais de limpeza para os hospitais de Oriximiná, Terra Santa, Faro, Óbidos e Alenquer, e distribuiu mais de 10 mil cestas básicas para garantir a segurança alimentar e incentivar o isolamento social de 25 comunidades quilombolas, ribeirinhas e indígenas, bem como de 3 mil famílias no município de Santarém.

O Grupo de Trabalho para o Enfrentamento à Covid-19 “Pela Vida no Trombetas” reúne representantes do Ministério Público do Estado do Pará, MRN, universidade e entidades representativas de quilombolas, indígenas e ribeirinhos desta região, que realizam ações para minimizar os efeitos da pandemia e garantir a proteção de comunidades mais vulneráveis.