Mais de 200 jovens ingressam no programa de aprendizes da Alunorte e Albras – Associação Brasileira do Alumínio – ABAL
Acesse a área do associado Fale Conosco
← voltar para Banco de Notícias

Mais de 200 jovens ingressam no programa de aprendizes da Alunorte e Albras

 

Em outubro, 202 jovens assinaram seus contratos de aprendizagem e iniciaram as atividades na Alunorte e na Albras, localizadas no município de Barcarena, no Pará. Eles participam do programa Jovem Talento 2020, que oferece a primeira oportunidade no mercado de trabalho e aprendizado para este público da região. Nele, são oferecidas formação profissionalizante externa, em conjunto com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e formação interna nas empresas. Atualmente, em virtude da pandemia da Covid-19, toda a parte teórica está sendo ministrada em formato online.

A oportunidade de trabalhar na indústria e os benefícios ofertados pelas empresas atraíram Laryssa Queiroz, 19 anos.

“Sempre achei que trabalhar nas empresas da Hydro era uma grande oportunidade aos jovens de Barcarena. A partir do momento que entramos na Albras, conseguimos perceber a importância dela para o município. Eu estou pronta para aprender e já estou gostando das aulas online do Senai”, afirma Laryssa, que é jovem aprendiz na área de Fundição, Expedição e Laboratório.

Rodrigo Gomes, 23 anos, começou a atuar como jovem aprendiz na área de Redução, onde acontece a produção do alumínio primário. Ele tem o Ensino Médio e fez curso profissionalizante de informática, mas já vai se inscrever na prova para formação em automação industrial pelo Senai.

“Eu tentei por dois anos entrar como jovem aprendiz na empresa. E não desisti. Meu objetivo é primeiro focar em adquirir mais qualificação na indústria para, após o período de jovem aprendiz, seguir carreira na Albras ou na Alunorte”, comenta.

Para Alan Furtado, 23 anos, ex-jovem aprendiz na Alunorte, a experiência na empresa não se resumiu ao desenvolvimento profissional.

“O mais importante foi conhecer os valores da Hydro que se encaixam com o que acredito, principalmente o valor ‘Cuidado’, ressalta.

Ele participou do Jovem Talento como assistente administrativo na área de Segurança Industrial. Após um breve período contratado por uma empresa prestadora de serviço da Alunorte, Alan agora ocupa uma vaga temporária na Gerência de Logística Portuária.

“Já estou pensando na especialização em cadeia de suprimentos ou planejamento marítimo”, conta. Atualmente, ele faz o curso superior de Administração de Empresas.

Programa

O Jovem Talento tem o objetivo de contribuir para a qualificação de jovens das comunidades do entorno das unidades e vem, ao longo dos anos, sendo uma porta de entrada para novos talentos na Companhia. Dos 202 jovens aprendizes, 150 fazem a aprendizagem na Alunorte e 52 na Albras.