Normas Técnicas

Mais recentes

ABNT NBR 14334:2016, Alumínio na liga 6101 – Tubos estruturais para fins elétricos – Requisitos

ABNT NBR 7000:2016, Alumínio e suas ligas – Produtos extrudados com ou sem trefilação – Propriedades mecânicas

ABNT NBR 14125:2016, Alumínio e suas ligas – Tratamento de superfície – Revestimento orgânico para fins arquitetônicos – Requisitos



Lista completa das Comissões de Estudo (CE) e da Comissão de Estudo Especial (CEE)

ABNT/CB-035.000.001 – CE de Caracterização Física, Química e Metalográfica ABNT/CB-035.000.001 – CE de Caracterização Física, Química e Metalográfica

ABNT NBR ISO 209:2010, Alumínio e suas ligas – Composição química

ABNT NBR ISO 2107:2008, Alumínio e suas ligas – Produtos trabalháveis – Designações das têmperas

ABNT NBR 14070:2005, Alumínio e suas ligas – Métodos de análises químicas

ABNT NBR 14939:2003, Amostragem do alumínio e suas ligas para análise espectroquímica

ABNT NBR 15407:2006, Alumínio e suas ligas – Determinação da composição química – Método espectrométrico de emissão ótica em atmosfera de argônio com descarga pontual de capacitor unipolar auto-iniciante

ABNT NBR 15698:2009, Alumínio e suas ligas – Refinadores de grão AlTi e AlTiB nas formas de vergalhões, lingotes e barras – Composição química, tamanho de grão e microestrutura

ABNT NBR 15975:2011, Alumínio primário e de fundição – Composição química

ABNT/CB-035.000.002 – CE de Produtos Extrudados ABNT/CB-035.000.002 – CE de Produtos Extrudados

ABNT NBR 7000:2016, Alumínio e suas ligas – Produtos extrudados com ou sem trefilação – Propriedades mecânicas

ABNT NBR 8116:2006, Alumínio e suas ligas – Produtos extrudados – Tolerâncias dimensionais

ABNT NBR 8117:2011, Alumínio e suas ligas – Arames, barras, perfis e tubos extrudados – Requisitos

ABNT NBR 8118:2015, Alumínio e suas ligas – Arames e barras laminadas e/ou trefilados – Requisitos

ABNT NBR 8273:2007, Alumínio e suas ligas – Tubo extrudado redondo fornecido em rolo – Requisitos

ABNT NBR 8274:2007, Alumínio e suas ligas – Tubos trefilados para uso geral

ABNT NBR 8309:2006, Alumínio e suas ligas – Rebites, barras e arames para recalque a frio – Determinação da resistência cisalhamento

ABNT NBR 8395:2008, Alumínio e suas ligas – Barras e arames para fabricação de rebites, parafusos e similares por recalque a frio

ABNT NBR 14226:2010, Alumínio extrudado na liga 6061 – Tubo redondo sem costura e trefilado para aplicação em ultraleves

ABNT NBR 12315:2012, Ligas de alumínio trabalháveis – Tratamento térmico

ABNT NBR 14228:2005, Tubos extrudados em ligas de alumínio para irrigação – Requisitos

ABNT NBR 14246:2011, Ligas de alumínio extrudadas e/ou trefiladas para usinagem – Arames, barras e vergalhões – Requisitos

ABNT NBR 14229:2012, Ligas de alumínio – Perfis extrudados sólidos ou tubulares para fins estruturais – Requisitos

ABNT NBR 14334:2016, Alumínio na liga 6101 – Tubos estruturais para fins elétricos – Requisitos

ABNT NBR 15478:2012, Ligas de alumínio – Tubos extrudados para uso em estruturas espaciais – Requisitos

ABNT NBR 15977:2007, Rebites de repuxo com aba abaulada e ponto de ruptura no mandril – AIA/St

ABNT NBR 15329:2014, Produtos de ligas de alumínio para uso estrutural na arquitetura e na construção civil – Especificação

ABNT NBR 16266:2014, Ligas de alumínio – Tarugos homogeneizados das ligas da série 6XXX para produção de produtos extrudados – Requisitos.

ABNT NBR 15329:2014, Produtos de ligas de alumínio para uso estrutural na arquitetura e na construção civil – Especificação

ABNT/CB-035.000.003 – CE de Produtos Fundidos ABNT/CB-035.000.003 – CE de Produtos Fundidos

ABNT NBR 14330:2008, Anteligas de alumínio – Composição química e código de cores

ABNT/CB-035.000.004 – CE de Produtos Laminados ABNT/CB-035.000.004 – CE de Produtos Laminados

ABNT NBR 6999:2006, Alumínio e suas Ligas – Produtos laminados – Tolerâncias dimensionais

ABNT NBR 7556:2006, Alumínio e suas ligas – Chapas – Requisitos

ABNT NBR 7823:2015, Alumínio e suas ligas – Chapas – Propriedades mecânicas

ABNT NBR 8310:2008, Alumínio e suas ligas – Folhas – Requisitos

ABNT NBR 14331:2009, Alumínio e suas ligas – Telhas e acessórios – Requisitos, projeto e instalação

ABNT NBR 14761:2017, Folhas de alumínio e suas ligas em bobinas para uso doméstico e institucional – Requisitos

ABNT NBR 15074:2004, Alumínio e suas ligas – Bandejas descartáveis para alimentos

ABNT NBR 15567:2008, Folhas de alumínio e suas ligas – Barreiras de radiação térmica para uso em edificações – Requisitos

ABNT NBR 15636:2008, Folhas de alumínio e suas ligas – Barreiras de radiação térmica para uso em edificações – Instalação

ABNT NBR ISO 15963:2011, Alumino e suas ligas – Chapas lavradas para pisos – Requisitos

ABNT NBR 14230:2012, Alumínio e suas ligas – Embalagens descartáveis para alimentos – Pratos redondos números 4, 6, 7, 8 e 9

ABNT/CB-035.000.005 – CE de Tratamento de Superfície ABNT/CB-035.000.005 – CE de Tratamento de Superfície

ABNT NBR 12609:2012, Alumínio e suas ligas – Tratamento de superfície – Anodização para fins arquitetônico – Requisitos

ABNT NBR 12610:2010, Alumínio e suas ligas – Tratamento de superfície – Determinação da espessura de camadas não condutoras – Método de correntes parasitas (Eddy current)

ABNT NBR 12611:2006, Alumínio e suas ligas – Tratamento de superfície – Determinação da espessura da camada anódica – Método de microscopia óptica

ABNT NBR 12612:2008, Alumínio e suas ligas – Tratamento de superfície – Camada anódica colorida – Determinação da resistência ao intemperismo acelerado

ABNT NBR 12613:2006, Alumínio e suas ligas – Tratamento de superfície – Determinação da selagem de camadas anódicas – Método de absorção de corantes

ABNT NBR 14125:2016, Alumínio e suas ligas – Tratamento de superfície – Revestimento orgânico para fins arquitetônicos – Requisitos

ABNT NBR 14126:2010, Alumínio e suas ligas – Tratamento de superfície – Revestimento orgânico – Determinação do brilho da película seca

ABNT NBR 14127:2008, Alumínio e sua ligas – Tratamento de superfície – Película seca de tintas e vernizes – Determinação da resistência ao impacto

ABNT NBR 14128:2010, Alumínio e suas ligas – Tratamento de superfície – Determinação da resistência à abrasão da camada de anodização dura – Método de Taber

ABNT NBR 14155:2010, Alumínio e suas ligas – Tratamento de superfície – Camada de anodização dura – Determinação da microdureza

ABNT NBR 14231:2010, Alumínio e suas ligas – Tratamento de superfície – Anodização dura para fins técnicos – Requisitos

ABNT NBR 14615:2006, Alumínio e suas ligas – Tratamento de superfície – Determinação da flexibilidade do revestimento orgânico – Método do mandril cônico

ABNT NBR 14622:2006, Alumínio e suas ligas – Tratamento de superfície – Determinação da aderência da pintura – Método de corte em X e corte em grade

ABNT NBR 14682:2006, Alumínio e suas ligas – Tratamento de superfície – Determinação da aderência úmida de revestimentos – Método da panela de pressão

ABNT NBR 14849:2008, Alumínio e suas ligas – Tratamento de superfície – Revestimento orgânico de tintas e vernizes – Determinação da resistência em relação ao grafite

ABNT NBR 14850:2007, Tratamento de superfícies – Revestimento orgânico de tintas e vernizes – Determinação da resistência ao intemperismo artificial (UV)

ABNT NBR 14901:2007, Alumínio e suas ligas – Tratamento de Superfície – Revestimento orgânico de tintas e vernizes – Determinação da resistência à corrosão acelerada – Método de Machu

ABNT NBR 14904:2008, Alumínio e suas ligas – Tratamento de superfície – Revestimento orgânico de tintas e vernizes – Determinação da resistência ao intemperismo natural

ABNT NBR 14905:2007, Alumínio e suas ligas – Tratamento de superfície – Revestimento orgânico de tintas e vernizes – Determinação de resistência à corrosão por exposição à névoa salina acética

ABNT NBR 14947:2006, Alumínio e suas ligas – Tratamento de superfície – Polimerização de tintas e vernizes – Método de ensaio

ABNT NBR 15144:2008, Alumínio e suas ligas – Tratamento de superfície – Revestimento orgânico de chapas para fins arquitetônicos

ABNT NBR 15418:2009, Alumínio e suas ligas – Tratamento de superfície – Determinação da consistência da camada anódica – Método da perda de massa

ABNT NBR 15737:2009, Perfis de alumínio e suas ligas com acabamento superficial – Colagem de vidros com selante estrutural

ABNT NBR 15807:2010, Alumínio e suas ligas – Tratamento de superfície – Revestimento orgânico para bens de consumo – Requisitos

ABNT NBR 15840:2010, Alumínio e suas ligas – Tratamento de superfície – Revestimento orgânico de peças e componentes utilizados em carrocerias de transporte coletivo e de carga – Requisitos

ABNT NBR 15841:2010, Alumínio e suas ligas – Tratamento de superfície – Anodização de peças e componentes utilizados em carrocerias de transporte coletivo e de carga – Requisitos

ABNT NBR 9243:2012, Alumínio e suas ligas – Tratamento de superfície – Determinação da selagem de camadas anódicas – Método da perda de massa

ABNT NBR 14232:2012, Alumínio e suas ligas – Tratamento de superfície – Anodização para bens de consumo

ABNT/CB-035.000.007 – CE de Terminologia ABNT/CB-035.000.007 – CE de Terminologia

ABNT NBR 7549:2008, Alumínio e suas ligas – Produtos laminados, extrudados e fundidos – Ensaio de tração

ABNT NBR 15197:2011, Ligas de alumínio – Chapas, perfis e rebites para carrocerias tipo furgão

ABNT NBR 6599:2013, Alumínio e suas ligas – Processos e produtos – Terminologia

ABNT/CB-035.000.009 – CE de Estrutura de Alumínio ABNT/CB-035.000.009 – CE de Estrutura de Alumínio

ABNT NBR 15819:2010, Ligas de alumínio – Perfis extrudados para aplicações estruturais

ABNT/CEE-145 – CEE de Minérios de Alumínio, Óxido de Alumínio, Alumínio Primário e Insumos para Produção de Alumínio Primário ABNT/CEE-145 – CEE de Minérios de Alumínio, Óxido de Alumínio, Alumínio Primário e Insumos para Produção de Alumínio Primário

ABNT NBR 15964:2011, Minérios de alumínio – Determinação da composição química – Método da espectrometria de fluorescência de raios X por comprimento de onda

ABNT NBR ISO 6140:2011, Minérios de alumínio – Métodos de preparação de amostras

ABNT NBR ISO 6607:2011, Minérios de alumínio – Determinação do teor de silício total – Método gravimétrico e espectrofotométrico combinado

ABNT NBR ISO 6994:2011, Minérios de alumínio – Determinação do teor de alumínio – Método EDTA titulométrico

ABNT NBR ISO 10213:2011, Minérios de alumínio – Determinação do teor de ferro total – Método de redução com tricloreto de titânio

ABNT NBR 15858:2010, Minérios de alumínio – Determinação de umidade – Método gravimétrico

ABNT NBR 15929:2011, Minérios de alumínio – Determinação de elementos variados – Método da espectrometria de emissão atômica com plasma indutivamente acoplado (ICP)

ABNT NBR 15944:2011, Minérios de alumínio – Determinação de alumina aproveitável e de sílica reativa – Métodos volumétrico e colorimétrico combinados

ABNT NBR 15945:2011, Minérios de alumínio – Determinação da perda ao fogo por calcinação a 1 075 °C -Método gravimétrico

ABNT NBR ISO 8008:2014, Óxido de alumínio primariamente usado para produção de alumínio – Determinação da área superficial específica por absorção de nitrogênio

ABNT NBR ISO 17500:2014, Óxido de alumínio usado para produção de alumínio primário – Determinação do índice de atrito.

ABNT NBR ISO 23202:2014, Óxido de alumínio usado para produção de alumínio – Determinação de partículas passantes em peneiras com orifício de 20 micrômetros.

ABNT NBR ISO 903:2014, Óxido de alumínio primariamente usado para produção de alumínio – Determinação da densidade não socada.

ABNT NBR ISO 901:2014, Óxido de alumínio primariamente usado para produção de alumínio – Determinação da densidade absoluta – Método picnométrico

ABNT NBR ISO 2927:2014, Óxido de alumínio primariamente usado para produção de alumínio – Amostragem

ABNT NBR 16293:2014, Alumina – Determinação de elementos traço – Método espectrométrico de fluorescência por raios X de comprimento de onda dispersivo

ABNT NBR 16363:2015, Minérios de alumínio – Determinação dos teores de alumínio, silício, ferro, titânio e fósforo – Método espectrométrico de fluorescência de raios X por comprimento de onda dispersivo

ABNT NBR ISO 2926:2015, Óxido de alumínio usado para produção de alumínio primário – Análise do tamanho de partícula no intervalo de 45 μm a 150 μm – Método usando peneiras de eletrodeposição

ABNT NBR ISO 8685:2015, Minérios de alumínio – Procedimento de amostragem


Estas normas podem ser adquiridas na ABNT pelo tel. (11) 3017-3648, site www.abnt.org.br ou e-mail: dre10@abnt.org.br.