Acesse a área do associado Fale Conosco
← voltar para Banco de Notícias

ABAL segue trabalho de melhorias na normalização de materiais anodizados

 

A Associação Brasileira do Alumínio (ABAL) informa a publicação da Norma Técnica ABNT NBR 16807:2020 – Alumínio e suas ligas – Tratamento de superfície – Anodização – Determinação da resistência à corrosão por exposição à névoa salina acética, elaborada pelo ABNT/CB-035 – Comitê Brasileiro do Alumínio, cuja Secretaria Técnica pertence à ABAL.

A publicação deste documento integra uma extensa programação de melhorias direcionadas à normalização de materiais anodizados, principalmente voltados para fins arquitetônicos, tais como esquadrias e guarda-corpos, realizadas no âmbito da Comissão de Estudo de Tratamento de Superfície, sob a coordenação de João Inácio Graciolli Guimarães.

Trata-se de uma importante vitória para o nosso setor, fruto do trabalho intenso e contínuo do Comitê Brasileiro do Alumínio. A íntegra do documento pode ser adquirida no site ABNT Catálogo, por meio do link: http://www.abntcatalogo.com.br/.

Benefícios da normalização na prática

A ABAL, em conjunto com a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), é responsável pela normalização nacional do alumínio no que tange à produtos, tratamentos de superfície, métodos de ensaio, entre outros assuntos. Em 1998, a associação criou o ABNT/CB-035 – Comitê Brasileiro do Alumínio com foco na legitimidade dos processos de normalização, garantindo aos associados conteúdo técnico de qualidade e especificações adequadas.

Na prática, o trabalho de normalização conduzido pela ABAL proporciona diversos benefícios e estão relacionados a:

  • Redução de custos: a padronização da oferta de produtos torna o comércio mais justo;
  • Aumento da produtividade: auxilia na otimização de recursos empregados na fabricação e no fornecimento de produtos de alumínio;
  • Comunicação assertiva: aumenta a confiabilidade das relações comerciais e de serviços;
  • Maior qualidade na cadeia de fornecimento e consumo: assegura a qualidade mínima para produtos e serviços;
  • Inovação: promove o desenvolvimento tecnológico e viabiliza a consolidação da tecnologia nacional.

A participação nesse trabalho é livre e voluntária. Caso haja interesse em participar, entre em contato com a ABAL por meio do e-mail abal@abal.org.br.