Acesse a área do associado Fale Conosco
← voltar para Banco de Notícias

Albras inicia a retomada de produção na Linha 1

 

A Albras, empresa que pertence a Hydro e a Nippon Amazon Aluminium Co, iniciou a produção da Linha 1, com a repartida do primeiro forno da área. A ação ocorre dentro do planejamento previsto, após a falha elétrica ocorrida em março deste ano, que resultou no incêndio de um transformador e no desligamento de 240 fornos, o que representa 25% da capacidade produtiva da unidade.

Aproximadamente 120 profissionais próprios e contratados estão envolvidos no processo de reforma e repartida dos fornos. A base do trabalho é o planejamento feito seguindo os princípios do sistema de gestão da Hydro, o AMBS (Aluminium Metal Business System), que permite um acompanhamento sistemático das atividades críticas, gestão diária de rotina e indicadores. Dos 240 formos, 133 já estão no planejamento para religamento, enquanto outros 107 seguem em fase de reforma. A expectativa é que a Linha 1 opere em sua capacidade normal em 2020.

“A retomada da linha I pode ser vista positivamente de várias formas. Para o negócio é importantíssima, pois é fundamental que a Albras retome rapidamente a produção para voltar a disponibilizar metal ao mercado. A outra forma é a emocional. Os empregados conseguem ver que existe um plano em andamento e se sentem parte disso”, afirma João Batista Menezes, presidente da Albras.

Propositalmente, o forno escolhido para iniciar a retomada da seção é também o primeiro a entrar em operação na fábrica, no ano de 1985, dando a partida para a empresa, que em julho de 2020 completa 35 anos de operação.

Completando a representatividade do momento, o técnico de processo Benedito Zacarias participou de todas as etapas do trabalho, assim como há 34 anos, no dia em que a operação da Albras foi iniciada.

“Esse momento tem um valor sentimental porque a história se repetiu. Ver a Redução I de volta é uma emoção grande. Hoje nosso momento é outro, temos uma estrutura consolidada, valores e princípios muito mais sólidos e que nos ajudaram a chegar até aqui”, afirma.

A Albras tem uma capacidade total de produção de 460.000 toneladas por ano. A Hydro possui 51% da Albras, enquanto os 49% restantes pertencem à Nippon Amazon Aluminium Co. Ltd.