CBA e Hydro debatem inovação no projeto Foco&Futuro da ABAL – Associação Brasileira do Alumínio – ABAL
Acesse a área do associado Fale Conosco
← voltar para Banco de Notícias

CBA e Hydro debatem inovação no projeto Foco&Futuro da ABAL

 

Em sua 2ª edição, o projeto Foco&Futuro – Experiências que Transformam – iniciativa da Associação Brasileira do Alumínio (ABAL) voltada para universitários e recém-formados interessados em atuar do mercado do alumínio – reuniu na última terça-feira, 29/09, profissionais da Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) e da Hydro para falar sobre transformação digital, desafios e oportunidades.

No webinar, Luís Carlos Maldaner, gerente de Tecnologia da Informação (TI) da CBA, ressaltou que o jovem interessado em atuar na área pode levar a diversidade de pensamento e colaborar com o avanço da discussão da indústria 4.0.

“De março até agora, com a pandemia, o mundo fez uma grande transformação digital, que passou pelo ser humano. No passado, muita gente focou na tecnologia e não alcançou o resultado. A transformação digital precisa passar pelas pessoas, processo e tecnologia. Sem esse tripé, ela não existe”, enfatizou.

Já Sayane Shinosaki, consultora de Desenvolvimento Humano e Organizacional da CBA, destacou que os jovens interessados em ingressar no mercado do alumínio devem ter como principais habilidades a vontade de aprender, desaprender e reaprender, sempre conectados ao mundo 4.0.

Participação da Hydro

Alessandra Fonseca, diretora de Comunicação da Hydro, frisou que a capacidade de se adaptar é fundamental para os profissionais, além da facilidade para traduzir conhecimentos técnicos dentro de diferentes cenários.

“Esperamos que os jovens se identifiquem com a proposta da organização para que seja um ambiente estimulante e ajude na direção de novas ideias, conceitos e tecnologias.”

De acordo com a diretora da Hydro, as oportunidades de carreira estão, principalmente, nas áreas de inovação, transformação digital, pesquisa e desenvolvimento – segmentos estes que ajudam a tornar a forma de trabalho mais sustentável, essencial para a estratégia de crescimento da companhia.

“O jovem ainda não tem muitas experiências, mas vem do ambiente acadêmico, que está sempre evoluindo. O segundo ponto é a energia. O jovem ‘veste a camisa’ e coloca o departamento para cima”, acrescenta José Hamilton Tavares, trainee na área de Pesquisa e Desenvolvimento da Hydro.

Para acompanhar os próximos eventos do Foco&Futuro, basta acessar aqui e preencher o formulário.

Fonte: Portal Revista Alumínio