NOTÍCIAS
13 de novembro de 2019
Com 7 mil visitantes, exposição Casa do Alumínio termina ação itinerante em Pindamonhangaba

A cidade de Pindamonhangaba (SP) recebeu em outubro a última etapa da “Exposição Casa do Alumínio”. O projeto itinerante – que teve início durante a ExpoAlumínio 2018 e o 8º Congresso Internacional do Alumínio – percorreu o Brasil levando conhecimento, arte e design a visitantes e estudantes de quatro capitais (São Paulo, Brasília, São Luís e Belém) e duas cidades do interior paulista: Alumínio e Pinda.

O diretor cultural da Exposição Casa do Alumínio, Flavio Enninger, comemora o resultado da ação.

“Com o apoio do Ministério da Cidadania e da Lei de Incentivo à Cultura, e graças à colaboração da ABAL e das empresas associadas, levamos arte e educação com alumínio para capitais e cidades do interior do País, difundindo a beleza e a versatilidade deste incrível material. Muitos estudantes de escolas públicas puderam ter contato, de forma gratuita, com a arte e o fazer arte. E esse é um dos objetivos dos projetos que produzimos, democratizar o acesso às atividades culturais. Em 2020 planejamos novos projetos itinerantes para divulgar ainda mais o alumínio e as diversas formas de aplicação nas artes e no design”.

Sucesso em números

  • 4 Regiões
  • 6 cidades
  • 6.750 km viajados
  • 7.000 visitantes
  • 16 oficinas
  • 300 estudantes participantes
  • 50 exemplos de aplicações do alumínio

As atividades e manutenção do Centro Cultural do Alumínio são uma realização do Ministério da Cidadania – Secretaria Especial da Cultura – Lei de Incentivo à Cultura -, Quattro Projetos e Instituto Cultural Quattro, com o patrocínio das empresas Alcoa, CBA, Hydro e Novelis.