← voltar para Banco de Notícias

MRN já investiu mais de R$ 4 milhões no auxílio a comunidades do Pará

 

Com o propósito de contribuir para garantir a segurança alimentar e o isolamento social das comunidades vizinhas durante a pandemia da Covid-19, a Mineração Rio do Norte (MRN) está investindo na compra de 5.220 cestas básicas para distribuir a 26 comunidades quilombolas, ribeirinhas e indígenas do Oeste do Pará. Das 1.520 cestas entregues neste mês de abril, 1.001 foram para famílias de comunidades quilombolas; 409 para comunidades ribeirinhas e 110 cestas para indígenas.

O representante da tribo Wai Wai, João Wai Wai, comenta a importância da parceria da empresa com as comunidades, garantindo alimentação e materiais de higiene para os cuidados preventivos no enfrentamento à pandemia.

Esse benefício é de grande importância, pois contribui para a prevenção da população indígena, que ficou na cidade (Oriximiná) e não pode retornar para as aldeias, pois precisa manter o isolamento na cidade até voltar à normalidade. A MRN e as outras instituições estão sendo grandes parceiras da população indígena. Queremos permanecer e fortalecer nossas alianças com a empresa, pensando no bem-estar de todas as comunidades”, relata.

Para os comunitários Raimunda Gemaque Ferreira, da comunidade Espírito Santo, e Antonio Pinheiro de Almeida, da comunidade São Francisco, a doação chegou em um momento importante, pois incentiva as famílias a manterem-se em casa.

“É uma boa ajuda da empresa no meio dessa doença, porque, principalmente nós, que temos idade mais avançada e não podemos sair de casa. Só temos a agradecer”, declara Antonio, de 66 anos.

Investimentos

A MRN já investiu, até o momento, cerca de R$ 4 milhões para contribuir no combate à Covid-19 em municípios do Oeste do Pará. Além da compra das cestas básicas, adquiriu 900 testes rápidos para diagnóstico da Covid-19, que devem chegar em maio na região. Parte deles será distribuída aos hospitais municipais de Oriximiná e Terra Santa. Outra iniciativa da empresa em andamento é a compra de equipamentos como Ventilador Cirius V6, Ventilador Pulmonar T7 e Equipamentos de Proteção Individual (EPI) como luvas, óculos, máscaras, aventais, e de materiais de limpeza para serem distribuídos aos Hospitais Municipais de Oriximiná e Terra Santa.

“Todas estas ações fazem parte da política de responsabilidade social e desenvolvimento dos municípios da área de atuação da MRN e serão mantidas enquanto durar a pandemia”, declara Vladimir Moreira, diretor de Sustentabilidade da empresa.