MRN oferece assistência médica particular a prestadores de serviços em Oriximiná (PA) – Associação Brasileira do Alumínio – ABAL
Acesse a área do associado Fale Conosco
← voltar para Banco de Notícias

MRN oferece assistência médica particular a prestadores de serviços em Oriximiná (PA)

 

Mais de 300 trabalhadores das cooperativas Cooperboa, Coopermoura e Cooperbarcos, de comunidades tradicionais de Oriximiná, Oeste do Pará, que prestam serviços para a Mineração Rio do Norte (MRN) e seus dependentes legais, totalizando mais de 690 pessoas, estão sendo beneficiadas com um plano de saúde viabilizado pela mineradora.

A assistência médica particular, que segue até dezembro, ampliou o acesso ao atendimento de saúde para cerca de 357 cooperados e 341 de seus dependentes legais. Assim, estes profissionais retomaram suas atividades durante a pandemia com mais segurança, mantendo também as recomendações preventivas do Ministério da Saúde e da Organização Mundial de Saúde, como uso de máscara, higienização das mãos e distanciamento social.

Para Lucivaldo Canuto, presidente da Cooperbarcos, o plano chegou no momento certo para dar mais tranquilidade aos 21 cooperados, que prestam serviços fluviais para a MRN.

“Ficamos muito satisfeitos porque a MRN olhou para quem trabalha com ela e também para os nossos dependentes. Assim, nos sentimos seguros para trabalhar, beneficiados com um dos melhores planos particulares. Muitas pessoas que precisavam fazer um check up, estão podendo fazer com o plano. Nós agradecemos a atenção. Foi uma atitude de respeito da mineradora com os cooperados e seus dependentes”, relatou.

A cooperada Deni Mara Pereira, da Cooperboa, que reúne 258 cooperados prestadores de serviços de zeladoria em todas as áreas da MRN, comentou que a iniciativa do plano foi muito válida e atendeu uma preocupação dos cooperados, que estavam com receio de trabalhar durante a pandemia.

“Foi muito gratificante esta iniciativa porque podemos continuar trabalhando com segurança, já que temos essa cobertura particular de saúde. Inclusive, já tivemos cooperados que foram bem atendidos por essa assistência”, declarou.

Mauro Siqueira, DA Coopermoura, que tem 78 cooperados que prestam serviços de manutenção e de mateiro para a MRN, reafirma que foi um importante benefício, disponibilizado neste período de pandemia.

“Trouxe mais segurança para nós, cooperados, e nossos familiares. Alguns já agendaram consultas e estão tendo uma ótima assistência com este plano”, afirmou.

Compromisso

A iniciativa, definida pelo grupo interinstitucional “Pela Vida no Trombetas”, foi motivada pelo avanço do novo coronavírus no Brasil. É uma solução para aumentar as alternativas de tratamento em caso de eventual contaminação, reduzindo a dependência dos cooperados ao sistema público de saúde.

“Financiar este plano durante a pandemia vai além da relação comercial e de prestação de serviços com as cooperativas de trabalho e seus cooperados. É um compromisso da empresa com a vida”, relata Vladimir Moreira, diretor de Sustentabilidade da MRN.

O plano tem cobertura em Enfermaria, Transferência Aérea (conforme análise técnica) e Atendimento por telefone. Entre os 70 serviços disponíveis pelo plano estão consultas, internações e exames nos principais hospitais, clínicas e consultórios da rede credenciada.

“Este plano possibilita a continuidade da prestação de serviço com a manutenção da renda e salários para as famílias destes cooperados”, comenta Almer Moreira, gerente de Recursos Humanos da MRN.