NOTÍCIAS
17 de dezembro de 2019
Projeto de piscicultura da MRN beneficia comunidades ribeirinhas

O projeto de piscicultura da Mineração Rio do Norte – MRN, que integra o Programa de Educação Socioambiental da empresa em cumprimento das condicionantes do Ibama, gera renda e garante a segurança alimentar para famílias e consumidores.

O programa, um dos ramos da aquicultura que desenvolve o cultivo de peixes e outros organismos aquáticos, beneficia oito famílias nas comunidades de Acapuzinho, Tarumã e Bacabal, que trabalham com a criação de tambaquis em tanques flutuantes. A produção é comercializada em Oriximiná, na feira do distrito de Porto Trombetas e na própria comunidade.

“Os produtores recebem, periodicamente, assistência e capacitação técnica e participam de ações educativas. Tudo isso, contribui para uma produção dentro dos padrões de segurança alimentar, conferindo qualidade e confiabilidade ao produto”, ressalta Miguel Canto, técnico do Laboratório de Aquicultura da Ufopa.

Para 2020, o projeto prevê agregar valor ao pescado, oferecendo aos produtores oficinas de manipulação de alimentos e técnicas de defumação do pescado.