Acesse a área do associado Fale Conosco
← voltar para Banco de Notícias

Projeto inédito de PD&I reúne associadas da ABAL, IPT e indústria automobilística e de transporte

Nesta terça-feira, 1º de outubro, o primeiro projeto da Aliança Estratégica firmada entre a ABAL e a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), foi oficialmente lançado. Trata-se da parceria de PD&I que reúne as associadas CBA, Novelis, ReciclaBr, Hydro Extrusion, Prolind e Arconic, empresas do setor automobilístico e de transporte, e o Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPT), que compõe o time de Unidades Embrapii.

A iniciativa de inovação industrial de abrangência inédita reúne 14 empresas produtoras e usuárias de alumínio e uma instituição de ponta em competência tecnológica. É também um exemplo de cooperação que trará capacitação e benefícios a segmentos de peso da indústria nacional.

O objetivo do projeto é desenvolver um sistema para estudo comparativo de desempenho de juntas de alumínio em estruturas de veículos automotores e de implementos de transporte. O prazo para a execução é estimado em 18 meses.

“A conexão com a Embrapii, o IPT e o setor automotivo e de transportes – maior consumidor de alumínio no mundo – potencializa nossos esforços e viabiliza resultados efetivos, que estão alinhados ao nosso Roadmap – a Rota Estratégica da Cadeia Brasileira do Alumínio 2030”, afirma Tadeu Nardocci, presidente do Conselho Diretor da ABAL.

Na visão de Milton Rego, presidente-executivo da ABAL, a importância desse projeto é exemplificada, dentre outros fatores, pela participação do IPT – referência em inovação e agente público executor.

“Sem contar a participação de 14 empresas que são destaques em suas áreas de atuação”.

Segundo Jorge Guimarães, diretor-presidente da Embrapii, a proposta de reunir empresas para o desenvolvimento de projetos que atendam demandas comuns de mais de um setor é muito importante para o incentivo à inovação no País.

“Impressionante a adesão das empresas ao projeto”.

Jefferson de Oliveira Gomes, diretor-presidente do IPT, destacou a importância do alumínio para o segmento automotivo e de transporte, e a estruturação do projeto.

“Estamos lançando o projeto no Centro Cultural do Alumínio, dentro da sede de uma associação brasileira que debate um tema estratégico e importante. Agradeço a confiança no IPT e com certeza será o nosso principal projeto para os próximos 18 meses”, afirma.

Presença do Governo do Estado

Marcos Vinícius de Souza, subsecretário de Ciência, Tecnologia e Inovação da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo, representou a secretária da pasta, Patrícia Ellen da Silva. Na ocasião, destacou que o projeto de PD&I estabelecido entre ABAL e IPT está alinhado às premissas e objetivos do governo paulista.

“Feliz em ver uma associação setorial, um centro de pesquisa e fomentador com dinheiro público, e empresas que são até concorrentes juntos em um projeto complexo de cooperação, que reúne múltiplos stakeholders. É exatamente isso que deseja o governo do Estado de São Paulo, e acredito que este projeto será benchmarketing para todos nós”.

Empresas participantes

ASSOCIADAS ABAL

• COMPANHIA BRASILEIRA DE ALUMÍNIO (CBA)
• NOVELIS
• RECICLABR
• HYDRO EXTRUSION
• PROLIND

PARCEIROS DA CADEIA AUTOMOTIVA E DE TRANSPORTES

• AETHRA
• ESAB
• FIAT CHRYSLER AUTOMÓVEIS (FCA)
• MAXION COMPONENTES ESTRUTURAIS
• METALSA
• RANDON IMPLEMENTOS RODOVIÁRIOS

APOIADORAS

• ARCONIC FIXADORES
• LORD
• FSW BRASIL