← voltar para Banco de Notícias

Saiu no Portal Revista Alumínio: venda de latas cresce e bate recorde em 2019

No ano passado, o segmento de latinhas de alumínio registrou crescimento de 13,7% em relação a 2018, ano em que avançou 8,5%. A embalagem tem conquistado espaço em diversos mercados, principalmente o de cerveja, em que já representa mais de 50% do que é comercializado no País — em 2009, a embalagem era apenas 32% desse nicho. Outras bebidas como vinho, energético, água e gin tônica também já são envazadas em latas feita com o metal.

De acordo com a Associação Brasileira dos Fabricantes de Latas de Alumínio (Abralatas), as quatro fabricantes de latinhas instaladas no Brasil — Ardagh, Ball, CanPackBrasil e Crown Embalagens — comercializaram 29,6 bilhões de unidades em 2019, alcançando o recorde no volume de vendas. As empresas consideram que terão bons números também para 2020.

Presidente-executivo da Abralatas, Cátilo Cândido enxerga o futuro com otimismo:

“A lata tem uma grande sinergia com a geração que está alcançando o poder de compra. Prevejo um mercado em expansão dentro de cinco anos, com uma ampla gama de produtos e mais unidades fabris. E, o mais importante: a população reconhecendo a latinha como a embalagem mais sustentável do planeta”.