pt

Gestão de Resíduos

Cada tonelada de alumina produzida gera entre 700 kg e 900 kg de resíduos de bauxita. Esse resíduo se apresenta sob a forma de uma polpa alcalina com partículas sólidas e exige cuidados na sua disposição para evitar contaminação de águas superficiais e subterrâneas.

As áreas destinadas à disposição desses resíduos são previamente impermeabilizadas com camadas de argila e PVC e contêm sistemas de drenagem no fundo e superficial para lançar ao meio ambiente a água já neutralizada. Depois de toda água neutralizada ter sido despejada e só sobrar material sólido inerte, as áreas são reabilitadas com vegetação nativa e recebem monitoramento subterrâneo e superficial frequentes.

A indústria também busca possibilidades de aproveitamento do resíduo da bauxita como matéria-prima para outras atividades. O resíduo já é utilizado na indústria de cimento e seu aproveitamento na indústria cerâmica, para a produção de tijolos e telhas.

Já existe tecnologia para a reciclagem dos resíduos gerados no processo produtivo, tanto no de alumínio primário quanto na produção secundária. Resíduos dos calcinadores de plantas de alumínio primário servem para a indústria de refratários; o revestimento gasto de cubas eletrolíticas serve de matéria-prima para a indústria de cerâmica e matéria-prima e fundente na fabricação de cimento. Resíduos de carbono também são utilizados como combustíveis para os fornos das indústrias cimenteiras.

A produção de metal secundário gera escórias conhecidas como borra preta, com altos teores de sais e óxido de alumínio e um pequeno percentual de alumínio metálico. O reaproveitamento dessa escória para extrair o alumínio contido ainda gera um residual. Esse resíduo pode ser tratado, ainda podendo ser recuperado o sal.

偽物ルイヴィトン ブランドバッグコピー ロレックス偽物 時計スーパーコピー エルメス偽物 パネライ偽物 財布スーパーコピー ルイヴィトスーパーコピー シャネル偽物 服スーパーコピー %E3%83%95.html"title="スカーフスーパーコピー">スカーフスーパーコピー 靴スーパーコピー スーパーコピーブランド スーパーブランドコピー コピーブランド ブランド生地コピー モンクレールコピー 日本ブランドコピー ブランドコピー